Publicações

Um vídeo criado pelo publicitário João Ricardo Costa, de 38 anos, está servindo para a reflexão de pais separados ou em processo de separação, além de autoridades que lidam com o assunto, quanto à Guarda Compartilhada dos filhos.

 

Casado por sete anos e pai de uma menina, João Ricardo conta que sua filha tinha apenas um ano e quatro meses quando se separou da esposa. Desde então, luta na Justiça para estar mais vezes com a pequena, a quem pode ver somente uma vez a cada duas semanas.

 

“Somando, são somente 48 dias por ano, o que é um absurdo e uma injustiça enorme”, desabafa o publicitário, que mora em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópois (SC). Para despertar debates sobre o problema, ele acabou de criar o curta metragem de animação, intitulado “Sonhos da Isah”.

 

O filme, de cinco minutos e 28 segundos, na verdade, faz parte de uma campanha sobre o tema, lançada por João Ricardo, e que conta também com a página no Facebook Curta Cadê Você?, que incita a discussão da questão, além de idas a Brasília, juntamente com outros pais e representantes de entidades que lutam pela prevenção à Alienação Parental.“

 

O objetivo é pressionar a aprovação da lei sancionada em dezembro de 2014, que trata da Guarda Compartilhada dos filhos, mas, ao que parece, ainda está muito longe de ser aplicada como devia”, justifica o publicitário. “A divisão justa de tempo da guarda dos filhos é um direito dos pais separados”, ressalta.

 

O vídeo conta a história de Isah , uma menina que sofre muito por não conseguir entender o motivo de ter que ficar tanto tempo longe do seu pai. Diante disso, ela inventa seu próprio mundo imaginário, onde pode ver e brincar com o pai todas as vezes que sente saudades.

 

“É a mesma realidade e tristeza enfrentadas diariamente por milhares de crianças. Infelizmente, o tempo vai passando e as crianças que passam por esse tipo de situação vão crescendo e acumulando grande sofrimento, em consequência apenas de burocracias”, lamenta.

 

Guerra travada na Justiça: há cerca de dois anos João ingressou na Justiça com um pedido de Guarda Compartilhada, que ainda não foi julgado. “Vivo a esperar a chance de ganhar um abraço, de estar com a minha filha um pouco mais. Nos vemos muito pouco, mesmo ela morando a apenas dois quilômetros da minha casa. Desde que a mãe dela casou de novo, me proibiu de vê-la, a não ser nos dias estipulados. Isso é muito injusto, tanto pra mim quanto pela minha filha, que sofre muito com esta situação”, argumenta João Ricardo, afirmando que para combater a depressão e a saudade da filha, passa a maior parte do tempo estudando Cinema. “Fazer esse filme, com financiamento coletivo, era um dos meus maiores sonhos”, revela. A mãe da criança evita comentar o assunto.

 

Um abraço para todos.

Ana Brocanelo – Advogada.

OAB/SP:176.438 | OAB/ES: 23.075

Fonte: AgênciaBR. "Vídeo mostra a tristeza de filhos que sofrem com saudade dos pais separados". Por Francisco Edson Alves. http://bit.ly/2iHyBEs

Fonte Vídeo: Sonhos da Isah - Alienação Parental. Direção, produção e roteiro por João Ricardo Costa. http://bit.ly/2hQ1Q3A

contato

Atendimento personalizado em São Paulo e em todo território nacional.

Preencha o formulário para entrar em contato, tirar dúvidas sobre serviços, expressar suas críticas e comentários ou simplesmente para deixar-me uma mensagem. O sigilo será sempre respeitado. Você também poderá visitar o escritório e interagir com as redes sociais Ana Brocanelo, acessando os links abaixo.

Por favor, escreva seu nome corretamente. Por favor, escreva seu telefone corretamente. Por favor, escreva o assunto corretamente.
Por favor, escreva sua mensagem corretamente.

Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Obrigada ! Seu E-mail foi enviado com sucesso.
Ocorreu um falha no envio do seu email. Por favor, avise-nos se continuar acontecendo. Obrigada.

SÃO PAULO - Zona Sul

Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 680. 14° andar. Cj: 143

Jardim Paulista. São Paulo - SP. CEP: 01403-000

SÃO PAULO - Zona Leste

Rua Serra de Botucatu, 1195. Sala 81.

Tatuapé. São Paulo - SP. CEP: 03317-001